15.6.08


Ladainha



Para construir um poema tipo ladainha, podes usar uma apóstrofe ou invocação em todos os versos, ou que se repita de uma forma regular. Podes ainda usar um refrão que se repita também regularmente.


Por exemplo:

O mar, onde os meus olhos
se perdem na infinita vastidão

Espelho da imensidão

Ó mar, sem sul e sem norte
Redondo e continuo

Espelho da imensidão

Ó mar, ora meigo e macio
Ora trágico e áspero

Espelho da imensidão

Ó mar, que unes as terras
Que ligas os homens

Espelho da imensidão


Escreve uma ladainha sobre um dos seguintes temas:
a Lua, o Sol, a Primavera, a Noite